:

Comunicação X Perda Auditiva

Comunicação X Perda Auditiva

A perda auditiva pode impor muitos desafios na vida de uma pessoa. Além disso, pode implicar em dificuldades com os relacionamentos, inclusive com a família e os amigos. Por isso, para quem tem um familiar ou pessoa próxima com perda auditiva, é muito importante saber como prestar auxílio.

Quando os entes próximos não sabem como ajudar, a pessoa com perda auditiva pode sentir um expressivo isolamento social. A dificuldade de comunicação impacta em sua autoestima, em seu desejo de socializar e, consequentemente, na qualidade de vida de uma forma geral.

Veja a seguir como a família pode ajudar uma pessoa com perda auditiva.

Reaprender a conversar

A pessoa com perda auditiva pode sim desfrutar da comunicação e da interação social. No entanto, para que isso aconteça, é preciso fazer adaptações. Tanto em termos de comportamento, quanto de ambiente.

A família pode procurar criar locais privativos e silenciosos para melhorar a fluidez da comunicação. Isto contribui também para a melhora da autoestima, visto que reduz a necessidade de repetição, que muitas vezes é constrangedora para a pessoa com perda auditiva.

Além disso, é muito importante se reeducar. A família deve ter paciência e bastante atenção durante as conversas. Por isso, vale repetir quantas vezes for necessário, além de se certificar de falar com bastante clareza.

Quando houver dificuldade de compreensão, existe uma estratégia muito útil: tente falar a mesma coisa de uma forma diferente. Troque as palavras, reordene as frases. Assim a pessoa terá mais chances de compreender o que foi dito.

Também é importante evitar se tornar porta-voz da pessoa com perda auditiva. Esta situação é muito comum, principalmente entre pais e filhos e entre cônjuges. A pessoa deve manter ao máximo sua autonomia e identidade, para sentir-se bem e incluída. Por isso, toda a família deve prestar atenção quando ela for falar e garantir um ambiente onde ela possa ouvir para participar ativamente das conversas.

Posicione-se bem

Uma outra atitude importante para ajudar uma pessoa com perda auditiva é posicionar-se corretamente na hora de falar. O ideal é ficar bem de frente um para o outro.

Esta posição permite que o som chegue diretamente com o mínimo de obstáculos. Além disso, é crítica para permitir a leitura labial, uma eficiente ferramenta de apoio para as conversas com as pessoas que têm perda auditiva.

Adote uma atitude positiva

É muito importante que os familiares e amigos reconheçam as limitações da pessoa com perda auditiva. No entanto, também é fundamental que auxiliem na manutenção da autoestima e na superação dos obstáculos.

Neste contexto, é importante incluir a pessoa em situações sociais. Desfrutar de reuniões com família e amigos, bem como de momentos de lazer ao ar livre e em locais públicos ajuda a pessoa a se sentir incluída e a exercitar suas habilidades de comunicação e socialização.

Esta participação da família pode ser fundamental na forma como a pessoa lida com sua perda auditiva. Com o apoio da família, torna-se mais fácil enfrentar os desafios desta condição, bem como evitar comorbidades comuns, como o isolamento e a depressão.

LOJA VIRTUAL