Tiroide e saúde auditiva: tudo o que você precisa saber

Tiroide e saúde auditiva: tudo o que você precisa saber

Cerca de 1,6 bilhão de pessoas no mundo possuem algum tipo de disfunção na tireoide. No Brasil, estima-se que cerca de 15% da população sofra com o mau funcionamento dessa glândula, sendo que muitos nem ao menos têm conhecimento do problema.

O que poucas pessoas sabem é que algumas patologias na tireoide também podem afetar diretamente a capacidade auditiva. Acompanhe esse artigo e saiba mais sobre a relação entre tireoide e saúde auditiva.

O que é a tireoide



A tireoide é uma glândula localizada no pescoço, abaixo do pomo de Adão, e que tem um formato parecido com uma borboleta. Ela produz os hormônios T3, a triiodotironina, e T4, a tiroxina, que auxiliam uma série de processos metabólicos no organismo.

Quando há um desequilíbrio no funcionamento da tireoide, ela pode apresentar diversas patologias, tais como:

  • Hipotireoidismo, que acontece quando a tireoide produz seus hormônios em uma quantidade menor do que o corpo necessita, desacelerando o metabolismo e causando sintomas como cansaço, queda de cabelo, anemia e alterações no humor;
  • Hipertireoidismo, que é a produção hormonal excessiva. Nesse caso, além da aceleração do metabolismo, o paciente também pode apresentar fraqueza, perda de peso, irritabilidade e até alterações no sono;
  • Tireoidite, que é uma inflamação da tireoide e que causa dor local e dificuldade para engolir, além de febre;
  • Nódulos, que podem ocorrer na tireoide e causam dor ou sensação estranha ao engolir. Também podem causar rouquidão ou mudanças na voz. Em sua maioria, são benignos;
  • Bócio, um aumento no tamanho da glândula e que pode ser causado por inflamações, nódulos ou até por doenças autoimunes, e que causa dificuldade para engolir, sensação de aperto na garganta, tosse e rouquidão;
  • Câncer na tireoide, um tipo incomum de câncer e que, felizmente, costuma reagir bem aos tratamentos.

Problemas na tireoide e saúde auditiva



Hoje em dia, já se sabe que algumas dessas patologias da tireoide podem impactar diretamente a saúde auditiva dos pacientes. Entre as queixas mais comuns, estão o zumbido no ouvido, perda da audição e até problemas no equilíbrio.

A maioria dos estudos que relacionam a tireoide e a saúde auditiva demonstra que o hipotireoidismo e o hipertireoidismo podem contribuir ou estar ligados ao surgimento de algumas condições clínicas auditivas, como:

  • Doença de Hashimoto, que é uma das causas mais comuns do hipotireoidismo e que, muitas vezes, está ligada à perda de audição e zumbidos;
  • Síndrome de Pendred, um distúrbio genético que causa, entre outras coisas, o aumento da tireoide (bócio) e perda de audição;
  • Doença de Graves, que é uma das causas do hipertireoidismo e causa zumbidos no ouvido.



Muitas pesquisas estão sendo conduzidas para identificar a relação de causa e efeito entre o funcionamento da tireoide e a saúde auditiva. Espera-se que, nos próximos anos, seja possível identificar com mais precisão e até evitar que os desequilíbrios hormonais afetem a audição.

Câncer de tireoide e perda auditiva



Por outro lado, embora não cause diretamente problemas auditivos, o câncer de tireoide pode causar perda de audição por conta de seu tratamento. Pacientes que recebem radioterapia para esse tipo de câncer costumam apresentar perda gradativa da capacidade auditiva.

Por tudo isso, é de fundamental importância que você visite seu médico regularmente, verificando as condições de sua tireoide e de outros hormônios que podem impactar sua qualidade de vida e até sua saúde auditiva.

LOJA VIRTUAL