Como tratar a surdez súbita?

A perda auditiva pode parecer algo comum a longo prazo, ou seja, a medida em que se envelhece. Para algumas pessoas, inclusive, ela pode soar como algo até mesmo inevitável.

Mas, e quando essa perda ocorre de uma hora para outra, sem aviso prévio? Por mais assustador que possa parecer, esse não é um caso incomum. Tal condição é chamada de surdez súbita e precisa ser tratada com a máxima rapidez.

Para descobrir mais sobre o assunto, continue conosco durante todo este artigo.

O que é surdez súbita?



Também conhecida como perda auditiva neurossensorial súbita, a surdez súbita acontece rapidamente e de uma única vez, podendo surgir e se estabelecer em questão de horas ou dias.

Nesse caso, é preciso frisar que tal condição afeta tanto homens quanto mulheres, das mais variadas faixas etárias, podendo ser, em certos momentos, confundida com uma alergia ou com sinusite.

Alguns dos sintomas iniciais da surdez súbita são:

  • Zumbido em um ou nos dois ouvidos;
  • Vertigem ou tontura;
  • Náusea;
  • Vômito;
  • Dor de cabeça;
  • Perda de equilíbrio.

Principais causas de surdez súbita



Entre as principais causas de surdez súbita estão:

  • Infecções causadas por vírus, como o sarampo, caxumba, meningite, rubéola, AIDS e sífilis, por exemplo;
  • Tumores, tanto os malignos quanto os benignos;
  • Células ciliadas do ouvido, do tímpano ou ossos, afetadas por traumatismo craniano, resultado de algum acidente;
  • Utilização de drogas ilícitas;
  • Contato direto com determinadas substâncias tóxicas, principalmente inseticidas;
  • Distúrbios imunológicos;
  • Distúrbios vasculares, capazes de interromper o fluxo de sangue nos ouvidos;
  • Esclerose múltipla ou outros distúrbios idiopáticos;
  • Uso de determinados medicamentos voltados para o tratamento de câncer ou de graves infecções relacionadas;
  • Distúrbios neurológicos dos mais variados;
  • Doença de Meniére;
  • Enxaqueca;
  • Uma longa lista de doenças autoimunes;
  • Vasculite.



Independente das causas da surdez súbita, é indispensável procurar a ajuda de um especialista logo que se notar o problema, evitando que a condição se agrave ou que o tratamento seja feito de maneira errada.

Como tratar a surdez súbita?



Por mais apavorante que um quadro de surdez súbita possa parecer, é possível tratá-lo de forma relativamente simples.

Quando a causa é desconhecida, por exemplo, costuma-se utilizar corticóides que, como resultado atuam:

  • Reduzindo a inflamação;
  • Diminuindo o inchaço;
  • Ajudando o corpo a combater doenças das mais variadas.

Embora o uso mais comum seja em forma de pílula, também existem as injeções, aplicadas na parte de trás da orelha. Tal tratamento é conhecido como terapia intratimpânica.

Já, se for notada alguma infecção relacionada à surdez súbita, o uso de antibióticos pode se tornar necessário, sempre com o acompanhamento e supervisão de um especialista. Em último caso, mesmo que menos comum, o médico pode recomendar ainda uma intervenção cirúrgica.

Outro meio de lidar com a questão é utilizar um aparelho auditivo, principalmente quando o paciente não responde positivamente aos tratamentos. Assim, é possível reduzir os problemas causados pela condição, garantindo uma vida mais tranquila e segura para o indivíduo em questão.

Desta maneira, ao menor dos sinais, não pense duas vezes e busque ajuda médica, seguindo o tratamento recomendado para o seu caso quanto antes.

Este artigo foi útil? Compartilhe!

LOJA VIRTUAL